ESCUTA, ZÉ MANÉ!
 

 

Texto inspirado nos pensamentos do psicanalista austríaco Wilhelm Reich
Livremente inspirado no texto Listen, little man, Paulo Cesar Peréio faz uma releitura das ideias do psiquiatra austríaco Wilhelm Reich, incorporando-as à sua própria personalidade e reafirmando sua marca como um dos maiores atores performers do Brasil, numa simbiose cultural das mais afinadas entre ator e autor.
Na peça, Peréio/Reich concede uma palestra nada ortodoxa e, no decorrer da conversação, é confrontado com seus outros “Eus” - o masculino, jovem, e o “Eu” feminino. O discurso ganha outras vozes, criando, assim, uma atmosfera surrealista na concepção cênica e dramatúrgica proposta pelo diretor Lenerson Polonini.
O elenco conta, ainda, com as atuações do ator João Velho (filho de Peréio), que interpretará Peréio/Reich na “versão jovem”, e da atriz Neca Zarvos que interpretará Peréio/Reich em versão feminina. A trilha sonora é do renomado músico de vanguarda Wilson Sukorski e figurinos de Carina Casuscelli.
A montagem traz as projeções de Lara Velho (filha de Peréio e diretora de seu programa semanal no Canal Brasil), Cristian Cancino e Zzui Ferreira, e trabalha com a convergências de linguagens: teatro, vídeo, música eletrônica e moda. Com essas várias possibilidades, a peça aborda os conflitos e as angústias na busca pelo sentido num mundo contemporâneo, envolvendo política, sexualidade e temas recorrentes na história da humanidade.  Com isso, o espetáculo pretende traçar um panorama do Brasil nos últimos 50 anos.
A utilização de projeções, material pré-gravado, voz-off, câmera ao vivo, performance e outros aparatos tecnológicos, pretendem auxiliar os três atores.

PERFIS
Paulo Cesar Peréio 
Iniciou sua carreira no cinema atuando em “Os Fuzis” (1964), de Ruy Guerra. Desde então, nunca mais se ausentou das telas. Também marcou presença no teatro atuando em grupos como Arena e Oficina e teve professores como Eugênio Kusnet, com quem conviveu e atuou na peça “ Os inimigos”, de Máximo Gorki.
No cinema, Peréio é considerado lendário, tendo atuado em mais de 70 longas, com expoentes do gênero no Brasil como Ruy Guerra, Glauber Rocha, Walter Lima Jr, Paulo César Saraceni, Hector Babenco, Neville D´almeida, Arnaldo Jabor, entre outros.
Hoje, com mais de 50 anos de trajetória, Peréio continua trabalhando em teatro e cinema, participa de curtas metragens apoiando jovens cineastas e tem uma das vozes mais requisitadas por publicitários em todo o país. É também apresentador do talking show “Sem Frescura”, no Canal Brasil.
 

Wilhelm Reich
Psiquiatra austríaco, discípulo de Freud e membro da Sociedade Psicanalítica.  Suas ideias revolucionárias causaram grandes polêmicas. Reich buscava a compreensão da natureza humana por meio das funções sexuais. Ele acreditava que a energia sexual, em sua versão reprimida, gera uma espécie de couraça que impossibilita a expressão direta da espontaneidade. Desta forma, essa condição passa a ser geradora de sintomas neuróticos, como fobias, angústia, depressão, ansiedade, incompetências e impotências criativas, sexuais e afetivas.
Reich pregava a transformação revolucionária da política do cotidiano como sendo o grande instrumento de luta, acreditando que só a partir do momento em que cada pessoa consciente assumir, no dia-a-dia, a responsabilidade e a ação em defesa do seu ser biológico e natural, é que os ideais libertários poderão tornar-se realidade.
 

FICHA TÉCNICA
Texto: Paulo Cesar Peréio.
Direção, iluminação, cenário e dramatúrgia: Lenerson Polonini.
Cast: Paulo César Peréio, João Velho e Neca Zarvos
Figurinos and maquiagem: Carina Casuscelli
Música: Wilson Sukorski
Vídeo projeções: Lara Velho, Cristian Cancino e Zzui Ferreira
Fotos: Acauã Fonseca
Cenotécnico: Carlos Orelha
Produção gráfica para cenário: Victor Hugo e Zzui Ferreira
Operação de som: Verônica Castro.
Operação de luz: Isac de Souza
Gerência de produção: Cássia Luna Bianco
Production:  Cia.Nova de Teatro
Produção Executiva: Lenerson Polonini e Lara Velho
Idealização: Lara Velho, Lenerson Polonini e Paulo César Peréio

Apresentações:
SESC SP Avenida Paulista
Outubro, novembro e dezembro de 2009
OI FUTURO Flamengo - RJ
Janeiro e fevereiro de 2010



© 2013 by  COMPANHIA NOVA DE TEATRO. 

Escuta, Zé Mané!